quinta-feira, 29 de setembro de 2011

FIGURA FEITA COM PASTA DENTAL

Material: papel cartão, pasta dental de diversas cores.

Técnica: fazer um desenho qualquer e contorna-lo com pasta dental.

Objetivo: chamar a atenção para a diversidade de materiais



COMPOSIÇÕES COM NANQUIM







COMPOSIÇÕES COM PAPEL DOBRADURA





terça-feira, 20 de setembro de 2011

Reaproveitando garrafas


Ophelia Matiello Zago

LATONAGEM

Pode se feita numa placa de duratex ou em caixinha de MDF.

Material: placa de eucatex,papel vegetal,folhas de cobre,alumínio ou latão espessura máxima 0,08mm, boleadores( que podem ser substituídos por bastonetes de madeira de ponta arredondada ou caneta esferográfica sem tinta), cola cascola, palhinha de aço, pincel largo e chato, lápis, durepoxi ou gesso, betume.
 
Técnica:Num papel vegetal marque o contorno da placa ou da tampa da caixa se esse for seu caso.
Transfira  o desenho para a parte interna desse contorno. Corte a folha de metal nas dimensões da placa ou tampa da caixa.
Coloque o papel vegetal com o desenho sobre a folha de metal.
Decalque a lápis o motivo sobre o metal.
Com uma caneta esferográfica sem tinta afunde o motivo sobre o metal( lado direito da folha).Vire a folha para o avesso e com o boleador menor refaça o risco.
Revire para o avesso e, com o boleador grande afunde as partes internas dos desenhos.
Os relevos bem abaolados, devem sempre ser preenchidos pelo avesso com durepoxi ou gesso.
Ao bolear folhas coloque sobre uma camada de espuma fixada numa superfície lisa e plana.Tal cuidado permite que o metal ceda sem resistência, ficando bem abaolado.
As partes lisas da folha de metal devem ser machetados com boleador bem fino.
Passe cascola na placa de madeira e ou na tampa da caixa, e cole a folha de metal.Pode ajudar na fixação da folha de metal colocando tachas.
Faça uma patina de envelhecimento com betume.
Querendo acabamento brilhante passe verniz.




quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Diz-se que, mesmo antes de um rio cair no oceano ele treme de medo.
Olha para trás, para toda a jornada, os cumes, as montanhas, o longo caminho sinuoso através de florestas, através dos povoados, e vê à sua frente um oceano tão vasto que entrar nele nada mais é do que desaparecer para sempre.
Mas não há outra maneira.
O rio não pode voltar.
Ninguém pode voltar.Voltar é impossível na existência. Você pode apenas ir em frente.
O rio precisa arriscar e entrar no oceano.
E somente quando ele entrar no oceano é que o medo desaparece.
Porque apenas então o rio saberá que não se trata de desaparecer no oceano,mas tornar-se oceano.
Por um lado é desaparecimento e por outro é renascimento.
Assim somos nós.
Só podemos ir em frente e arriscar!!!
Coragem!!! 
Avance firme!!! 

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

CRAQUELADO E DECOUPAGE



A vida é um dom divino.
A maternidade uma mágica. 
A maturidade traz consigo alegrias, amores maravilhosos: os netos.
Digo isso porque:
PINTURA DE MEU AMADO NETO RAFAEL DE APENAS 5 ANOS.